Postado por Leo Mesquita on quarta-feira, agosto 15, 2012

Este é um fato bastante corriqueiro. Vivemos as nossas maravilhosas rotinas e realmente não percebemos os detalhes que nos cercam. De repente algo muda e como num passe de mágica começamos a sentir falta daquilo que nem mesmo percebíamos que estava ali o tempo todo. São vários os casos.
Devido a uma série de fatores pessoais, familiares e profissionais fui obrigado a interromper a musculação que vinha fazendo ininterruptamente há mais de dois anos, quase três anos na verdade. Breves interrupções ocorreram, mas nada como desta vez. Foram 7 semanas sem fazer os exercícios em academia. De repente o meu organismo mudou. Comecei a sentir uma recuperação muscular muito mais lenta principalmente após os treinos longos. Normalmente faço os meus longões ao sábado e vários foram os treinos neste ano que realmente terminei sem qualquer dor ou, no mínimo, no dia seguinte me sentia praticamente normal. Mas nas duas últimas semanas tudo isto mudou e passei a precisar do domingo inteiro para me recuperar bem. Quase que de estalo botei a culpa na falta da musculação.
E assim voltei hoje à maromba. Vou fazer exclusivamente exercícios de resistência muscular pelo menos até o final de setembro. Vou deixar de lado neste momento os exercícios funcionais que vinha fazendo para o joelho devido à condromalacia patelar que senti no final do ano passado, quando começava a correr após a fratura por estresse na tíbia direita.
Ou seja, vinha fazendo a minha musculação direitinho, rotina pura. Não conseguia mais perceber os seus benefícios. Foi só ela fazer falta que vi a sua importância para mim. Vamos tomar cuidado com tudo o que nos cerca! Olho vivo para tudo que está a nossa volta.
Bons treinos e boa musculação a todos!

5 comentários:

Sergio disse...

Esta é a dificuldade da musculação para quem corre. Seu maior benefício vem de... não apresentar grandes resultados visíveis! Estou sentindo isso na pele. Coloquei ela na minha rotina e o grande benefício que percebo é que meu corpo está suportando melhor a rotina de treinos. Antes sempre sentia alguma dor de início de lesão quando os treinos ficavam mais fortes...
abraço,
Sergio

Helena - Floripa/SC disse...

Léo, muito corredor deixa de lado os exercícios de força e esquece que pode pagar mais na frente um preço caro por isso. Parabéns pelas suas observações. Escutar o corpo é essencial.
Um abraço e bons treinos!!

Helena
correndodebemcomavida.blogspot.com
@correndodebem

ivana. disse...

Sim, a musculação é essencial ao corredor. Meu carinho e bons treinos.

André Gonçalves disse...

O que fazer quando o tempo é curto? Encontrar uma brechinha para os funcionais já foi uma vitória. Pelo jeito terei que continuar controlando a intensidade e o volume dos treinos.
André
http://andreeotenis.blogspot.com

Leo Mesquita disse...

André, pra falta de tempo não tem outra: dormir menos! Além disso, se você reduzir o seu volume de treinos de corrida em 20% e adicionar a musculação, pode ter certeza, será um corredor mais rápido em pouco tempo.

Search