Postado por Leo Mesquita on quarta-feira, outubro 03, 2012

A paulada foi forte. A recuperação muscular após a meia maratona do último domingo não está completa. Ainda falta um finalzinho para voltar ao normal. Acredito que amanhã já estarei sem qualquer tipo de dor muscular. E pronto mais uma vez a fazer os treinos de corrida.
A dor muscular tardia é um processo que tende a ocorrer algumas horas após a atividade física intensa e pode persistir por alguns dias, 3 ou 4. Portanto o pico da dor e dos incômodos musculares aparecem no segundo ou terceiro dia após a atividade física que a gerou.
E neste período, o que vale realmente a pena fazer? Será que é interessante acelerar o processo de recuperação muscular? É preciso lembrar que não apenas os músculos executaram uma tarefa de maior esforço. O sistema esquelético também sofreu impactos de alta intensidade. Será que a recuperação de ambos se dará no mesmo tempo? Será que a sinalização de dores ocorrerá simultaneamente? E o sistema cardio respiratório? Quais sinais ele pode emitir?
Eu pratico após provas uma recuperação da forma mais natural possível. Ou seja, não faço nada. Evito alongamentos. Evito suplementos e principalmente anti-inflamatórios. Prefiro observar a recuperação do meu corpo e avaliar tudo muito lentamente. Sem interferências externas. Desta maneira é possível inclusive avaliar se o nível de esforço praticado foi adequado ou muito acima do que o corpo está preparado para suportar. 72 horas. Este é um número magico que merece ser aguardado.
Bons treinos a todos!

4 comentários:

ivana. disse...

Nossa, tem que ter muito preparo, né, amigo ?? Eu não me imagino fazendo uma maratona ... Meu carinho e bons treinos.

Helena - Floripa/SC disse...

Olá, Leo.

Eu não costumo tomar nenhum tipo de medicamento. Sou adepta da acupuntura e massagem nas pernas (shiatsu). Pra mim, surte efeito. Talvez, placebo. Mas, funciona.

Forte abraço e bons treinos!!

Helena
correndodebemcomavida.blogspot.com

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Search