Postado por Leo Mesquita on sábado, julho 24, 2010

Pronto, cheguei onde queria. Completei a minha primeira maratona e me recuperei muito bem. O melhor de tudo no mundo da corrida é alcançar o objetivo proposto e ao terminá-lo comprovar que todo o esforço não causou lesão. Mas gostaria de refletir sobre o caminho que me trouxe até aqui.
Fiz minha primeira corrida oficial no dia 28 de junho de 2009. Era um momento complicado. Dificuldades profissionais impostas pela tal crise mundial. Precisava de algo para me manter estável emocionalmente. E a corrida me ofereceu esta condição. Esta era a motivação inicial.
Pouco mais de um ano depois corria a minha primeira maratona. Este objetivo sempre existiu, mas realmente não sabia que ia atingí-lo tão rapidamente. Realmente foi um intervalo de tempo muito curto. Fui de 4 a 42 km num prazo mais curto que o recomendado. Fala-se que a primeira maratona deve ser corrida após dois anos pelo menos de treino, que já deve ter treinado uma rodagem semanal elevada, acima de 80 km, por pelo menos 4 semanas consecutivas e outras regras! Regras?
A unica regra que eu conheço e respeito são os meus próprios limites. Se eu fosse dar a minha opinião pessoal sobre o que é requisito para correr uma maratona eu diria que o trabalho de reforço muscular feito em academia, musculação mesmo, é essencial! Faça pelo menos 6 meses antes de iniciar os treinos para a maratona. Vai fazer uma diferença brutal, principalmente para a recuperação muscular após os treinos longos. É claro que a musculação é importante para as outras distâncias. Mas para encarar a maratona eu diria que é obrigatório. Se você quer iniciar a maratona confiante, quer corrê-la com segurança, quer terminá-la bem, e o mais importante, quer superá-la de forma saudável, faça o seguinte: comece a malhar o mais rápido posssível.
Esteja motivado constantemente, este é outro ponto. Correr a maratona dói e muito. Com toda certeza vai passar pela sua cabeça que é melhor parar. Se você não tiver algo que o motive, não vai dar outra: você vai parar! No mínimo vai se entregar a um ritmo inferior ao planejado. Então quando você estiver completamente exausto, tanto nos treinos quanto no dia da prova, pense na sua família, no seu trabalho, nos amigos, familiares. Pense como seus pais ficarão orgulhosos ao ver você completar o que foi proposto. Imagine a cara de alegria dos seus filhos ao ver que você concluiu a prova! Isto também sempre me ajudou. E muito.
Bons treinos a todos! E boa malhação!

2 comentários:

Érico Eustáquio Gomes da Costa disse...

Muito bacana seu blog e sua trajetória, comecei alguns meses antes de você (03/2009)! e de lá muita coisa mudou na minha vida. Comecei pela necessidade, pois meus exames estavam todos alterados, e como profissional de TI (Analista de Sistemas), vivia na rotina casa/trabalho, pesando 12 kg. a mais do meu peso ideal. Hoje, quase um ano e meio após a corrida, queimei esses 12 kg, ganhei algumas medalhas, que apesar de serem de participação, só quem as ganha sabe o valor de completar uma corrida, pricipalmente pra quem vivia sedentário. Parabéns, eu ainda não tive oportunidade de participar de uma maratona, a volta da lagoa foi meu maior desafio até aqui, a meia maratona será meu 2º, espero daqui algum tempo encarar os 42Km. Um abraço!

MarLee disse...

Parabéns, ler o seu relato me deu um Up maior... correr a uma maratona é sempre é meu sonho que vou realizar ... rsrs
Parabéns Maratonista!

www.marleemove.blogspot.com

Search