Postado por Leo Mesquita on sexta-feira, janeiro 25, 2013

Acredito que no meu treino de ontem tenha chegado à máxima sensação  de esforço. A escala de Borg é utilizada para que um indivíduo aponte a sua própria percepção de esforço. Associada a outros métodos é possível ser mais preciso quando à simples percepção, exemplo, verificar a frequência cardíaca do atleta.
Atingir a sensação de esforço máxima é uma consequência sempre de mais do que uma variável. Para ter chegado ontem a essa percepção entendo como duas razões principais ter feito o treino de tiros de 800 m à tarde e ter voltado a fazer musculação nesta semana após 1 mês. Meu corpo se adaptou ao treino matinal e fazê-lo à tarde, após um dia de trabalho, é uma grande diferença. E a musculação sempre é uma carga a mais que exige do corpo um novo gasto de energia para recuperá-lo do esforço.
Agora é descansar para no sábado de manhã voltar a treinar forte na Lagoa da Pampulha.
Bons treinos a todos!

1 comentários:

Paulo disse...

É muito bom treinar e se sentir cansado. Como li no livro do Rodolfo Lucena (+corrida), "cansar descansa".

Bons treinos!

Paulo
Corre Coração

Search