Postado por Leo Mesquita on quinta-feira, outubro 27, 2011

Não tem sido fácil. Desde que estive em Chicago no dia da maratona e lá fiz os meus primeiros 5 km em 3 meses de afastamento das corridas venho enfrentando mais uma situação aflitiva. Considero que a minha lesão por estresse na tíbia direita está curada. As 8 semanas de interrupção das corridas e de todos os exercícios de reforço muscular para as pernas foi suficiente. Mas agora o joelho resolveu apitar o jogo. Fiz os 5 km em Chicago e 48 depois o joelho reclamou. Fiquei com muitas dores por cerca de 5 dias, tendo inclusive dificuldade para andar. Na semana passada, depois de ter as dores aliviadas, fiz uma nova corrida de 5 km e o resultado foi o mesmo. Muitas dores no joelho direito. Cheguei a pensar no pior. 
Nesta semana fiz 3 dias de musculação incluindo exercícios para membros inferiores. Segunda feira foi terrível. O exercício mais complicado, que inclusive não fiz completamente, foi o abdominal oblíquo com movimento da perna. Simplesmente não consegui fazer as 3 séries de 30 repetições. Mais uma vez pensei no pior. Cheguei a pensar em condromalacia patelar. Busquei informações sobre o assunto. Constatei que não era exatamente o que eu estava sentindo. E vi também que mesmo não sendo o meu caso, o reforço muscular é uma das formas de tratamento.
Hoje fiz o terceiro treino de reforço muscular na semana. Repeti os exercícios da ficha de segunda feira. Consegui fazer todos os exercícios. Ainda não estou completamente livre das dores no joelho. Assim minha volta definitiva aos treinos de corrida não tem data marcada. Pode ser daqui 3 semanas. Pode ser no mês que vem. Pode ser no ano que vem. Mas voltarei a correr!

1 comentários:

Helena disse...

Leo, continue confiante. Lesões, infelizmente, vem e vão. Precisa dar tempo para recuperação e ter disciplina nos treinos.

Força aí, corredor.

Helena Clebsch Vidal
Blog Correndo de bem com a vida
helenacvidal.blogspot.com

Search