Postado por Leo Mesquita on quinta-feira, março 24, 2011

Mais um longão acaba de ser superado. Definitivamente as primeiras 4 semanas de treino específico para a Maratona de Porto Alegre foram de muito progresso. Porém chegou a hora de dar um descanso para a máquina: meu corpo hoje reclamou. E eu o respeitarei.
Comecei o longão hoje já sentindo dores musculares não muito comuns. As dores se devem à troca da rotina nas aulas de musculação. Novos exercícios, novas cargas, novos objetivos, e dores musculares novas. Isto já causou uma boa desmotivação no meu treino hoje. Tudo o que eu mais queria era acabar logo. A minha grande motivação era saber que não iria correr 5 voltas no percurso de 6,2 km. Apenas 4 e um pouquinho mais seriam executadas. A situação era tal que eu fui treinar sem relógio, sem Ipod. Não queria nenhuma referência que pudesse me pressionar quanto à performance durante o treino.
Outro fator que me desmotivou ao longo do treino foi a queda de temperatura aqui em Ouro Branco. Frio não me agrada. A temperatura por aqui já caiu bem. No momento mais rigoroso do inverno a temperatura chega próximo de zero por aqui, o que deve ocorrer no final de maio ou inicio de junho. Vai ser complicado.
Portanto encerro hoje a quarta semana de treinos para a Maratona de Porto Alegre. Serão mais 8 semanas. Agora é hora de descansar!

1 comentários:

Carlos Lopes disse...

O descanso é o melhor que o atleta deva fazer

Search